terça-feira, 14 de maio de 2013


Depois do cartão

Depois daquele cartão
Não tive mais ilusão
Eu namorava  quatro moças
Só fazia embromação
Agora que eu sinto sozinho
Pelo mundo de ilusão
É que veio o arrependimento
Mais é tarde pra ter o perdão

Todas elas me mandaram uma carta
Dando o desprezo sem compaixão
Eu me vi perdido no mundo
Me atirei no mar de ilusão
Eu ando pelas noites escuras
Pra matar minhas paixão
Sou igual uma alma perdida
Que vagas ao Léo
E não teve salvação

Eu encontrei uma mulher
Que teve de mim compaixão
Ela quis me fazer feliz
Mas eu nau quis não
Quero morrer sozinho
Pra pagar minha traição
Este é o fim de um homem
Que tem quatro amores no seu coração

Agora o que me consola ´
É o ranger de um violão 
Que quando em serenata
Me disfarçar o coração
Junto com meu companheiros
Eu canto uma linda canção
Que eu fiz em homenagem
Aquele coração

Heli Marcelino dos Santos   10/08/1965