segunda-feira, 6 de maio de 2013


Choro de Alegria

Hoje chorei...chorei lágrimas umedecidas
Lágrimas ardidas, pois como ácido
Fulminante pelo meu rosto escorria
Como uma lâmina cortante
Penetrava no meu peito
Atingindo o coração que também já estava em prantos
Sentindo-se como uma estrela cadente
Que aos nossos olhos brilha só derrepente
Bem rapidinho
Mas a milhares de anos vem sofrendo
Com o desgaste se perdendo

Hoje chorei... chorei pois não entendo ...
Que destino é este ?
Que sina é esta ?
Eu acreditava que não pudesse mais amar
A bem da verdade dele, o amor, eu sempre falava
Mais verdadeiramente nele já não mais acreditava

Hoje chorei... chorei ao olhar em teus olhos
Chorei ao te contemplar
Chorei ao te abraçar
Chorei quando pude te tocar

Hoje chorei... chorei não mais lagrimas umedecidas
Chorei não elas mais ardidas
Pois a lâmina cortante na verdade
Era uma flecha, flecha de um cúpido
Não era dor, é forte emoção
Um sentimento que afeta o coração dos amantes

Hoje chorei ... chorei mas só porque você estava longe
E como meus lábios neste instantes
Com os teus querendo estar .