segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Saudade

Sentir saudades por vezes dói
É um sentimento ambíguo
Dúbio, perturbador e consolador
O ruim, é a impressão de medo
Impressão que, um segundo
Parece durar horas
Que metros pareça Quilômetros
Medo de nunca mais
E nunca mais é muuuuuuito tempo
Embora sejamos finitos este muito tempo
Nos parece infinito
Mas o bom da saudade é
A certeza que este alguém nos faz bem
Nos traz boas e ótimas lembranças
De que posso a qualquer momento
Dobrar a esquina e dar de cara
Aguça e fomenta a vontade de viver
De estar bem para o dia deste reencontro
Te ter boas e muitas novidades
De não ter mudado muito
Afinal e primeira impressão
Foi justamente a que fez perdurar
E nascer a saudade
É isso ai Ontem senti saudades de ti
Hoje ainda tenho saudades de você
E amanha de manha
Ao acordar do teu lado
E me despedir
Sentirei saudades o dia todo
Até a tardezinha te rever

Elieser Santos 15/10/14