sábado, 20 de dezembro de 2014

Sei não, não sei, sei lá



Sei não, não sei, sei lá

Não sei compor, nem escrever nada se quer
Não sei combinar palavras, verbos e nem rimas fazer
Contos não sei contar, cantos não sei cantar
Frases de efeito soam como defeito
Palavras de amor pra cortejar, nem tento fazer
Para justamente não a mim e nem a cortejada envergonhar
Verbos, pronomes, adjetivos,substantivos nossa!!
Nada desses sei fazer uso, nem sequer os definir
Hipérboles,metonímias, pleonasmos,metáforas
Quando tento algo desse tipo usar só fiz anacoluto
Frases sem nexo virar, como sem saber o bê a bá
Por estas e outras persisto em calado ficar
Nem me atrevo, dizeres tentar combinar
Jogar sílabas e consoantes ao vento e ver no que dá
Há..., nem dá né??, nem deve ser assim que é
Bem... resolvi me contentar e não arriscar
Deixo a escrita para quem sabe...
E a cantoria apenas para as aves
Mas quem sabe hein!! ??
Sei não, não sei, sei lá .....

Elieser Santos 20/12/14