terça-feira, 16 de junho de 2015

Olhar além dos olhos


Em meio ao cinza dessa imensa selva de pedras

O brilho generoso de uma maravilhosa tarde ensolarada

Com um olhar discreto, mas atento e atencioso

Ao longe, vislumbra-se, e contempla-se e admirado fiquei

Percebendo dentre o reflexo do belo sol,

Sorrisos, olhares, charme, alegria, e muita energia

Das cores e vestimentas, dos ornamentos aos turbantes

A cor e o tom da pele foram o que fez os olhos saltarem

Com já disse um alguém outro dia atrás

Momento de rara, de pura beleza e encanto

Cinco representantes da mais bela e maravilhosa etnia terrestre

E olhe lá se não de todo o universo e ainda o cosmo por completo

De sorrisos largos, de encanto sem igual, de tudo fenomenal

Mulheres negras, e negras mulheres mais que super poderosas

E não apenas, pela beleza dádiva celestial

Seu poder é muito, muito mais que belos corpos esculturais

É poder de para uma vida toda de superação, de coragem e fé

É poder para ser o que é, e se auto afirmar com é

Não, não são apenas belos sorrisos, são rochedos e fortalezas

São corações pulsantes, assim como não são apenas olhares

São almas desejosas, ansiosas por ser e não apenas ter e estar

É o caminhar firme e não vacilante como quem na corda bamba

Não apenas caminha, mas desfilam como a top em passarela

São dengosas, charmosas, mulheres com ar menina

Mas são valentes, audaciosas, meninas com atitudes de mulher

Não poderia ignorar meu olhar, não pude batido deixar passar

Não pode resistir em me envolver a magia do fotografar

Não pude nem poderia deixar de isso hoje registrar

E aqui deixar, com singelo carinho e afeto

Meus parabéns

A representação de tudo que vocês são é, e serão

Por isso não pude deixar de ver além dos olhos

E a mulher negra novamente me curvar e reverenciar




Elieser Santos 14/06/2015