sábado, 25 de julho de 2015

Parabéns pelo seu dia Internacional Mulher Negra, Afro, Latina Americana e Caribenha

Por onde vou!!

Por onde passo e por onde vou, eu às encontro
Pois de onde eu vim, eu sempre às vi lutando
Galgando e ocupando espaços
Estradas e caminhos até então negados
Entenderam que não poderiam
Nem deveriam sucumbir a este tal legado
Hoje as vejo mestres e doutoras
Psicólogas, Psiquiatras e Coordenadoras
As vejo Madames, Dentistas, Estilistas e Senadoras
Juízas, Professoras, Pedagogas, Delegas e Promotoras
Empresarias, Universitárias, Secretárias e Empreendedoras
Deixaram o rótulo das ditas e reconhecidas como
Como tias, tias da cozinha, da faxina ou do café
Muito embora tais profissões sempre exerceram com
Lealdade, dignidade, hombridade e muita fé
Mas com a mesma disposição de sempre
Saíram do cômodo incômodo o tal quartinho da empregada
Para também subirem a escada ascenderem na escalada
Da chamada linha social, morando na casa da frente do quintal
E já não serem todas o tempo todo, sempre chamadas de marias
E porque não também de, Vossa Excelência
A mulher negra a exemplo de nossa Condoleezza a Rice
A perita, a Especialista, a Esteticista e a Produtora
Já não é mais apenas a mulher do fulano de tal
Ela agora também é a Artista, Esportista, Pesquisadoras, de tv Apresentadora
Com nossa Maju, e as Assistentes Sociais, as Fotógrafas e muitos mais
É não apenas mais um belo corpo para dança ...
Ela já é a voz da Cantora que encanta, seja no samba, ou no canto de câmara
Escrevendo poemas, dirigindo cinema, expondo seus quadros nas bienais
Sem deixar o charme de ser mulher de ser quem é a mulher negra
Bela, linda e atraente....sempre sorridente e com um olhar de criança..
Mas de gente grande a maturidade a pouca inocência e coragem
Para também dirigir carrões, jogar e apitar futebol, Advogar, Supervisionar
As que hoje em dia também podem assinar para deferir ou negar
Ser Militar superando o machismo milenar, seja Almirante, Coronel ou General
Seja ela Inspetora GCM Chefe como nossa Sandra Helena de Castro Pimentel
E provar dia após dia o seu valor, mesmo que apenas soldado e praça for
Que, ser mulher, ser negra mulher é saber bem mais que cozinhar ...


Elieser Santos 25/07/15