quinta-feira, 30 de julho de 2015

Teu Cabelo Fala

Falo, falo sim e falo alto
Falo ousadamente, falo de fato com todo direito
Falo com palavras doces, mais firmes e contagiantes
Falo,  pois é fato que sou pura personalidade
Sou único mais em vários estilo cores e modelos
Sou assim cheio de gracejos e muita ousadia
Quando falo, falo do que sou, e nunca falo
Em detrimento de outrem ou de alguém
De fato faço as cabeças, mas apenas de quem já é cabeça feita
Falo como ato de liberdade, personalidade e bravura
A quem diga assim ainda de mim; o tal pixaim ou cabelo ruim
Confesso que por um instante sofri ser chamado assim
Mas de todos os males e pré supostos, eu resisti
Ate porque sou cabelo negro, cabelo negro
E ser parte desse povo, é bom pra eles e pra mim
Pois ambos falamos, por eu, por você, por todos nós
Por diversas nações, por milhares de razões, por um único povo
Por um mundo inteiro, pela luta em busca do respeito
Por ser quem somos, por sermos seres humanos
Falo, falo sim e falo bem auto, falo sem ter vergonha
Falo como gesto de poder, e do poder de quem pode ser
E assim o é, Ser que fala, que desnuda, que revela , que desvela
Que expressa criatividade, que em si só tem diversas vantagens
Falo, falo assim: Sou seu cabelo tenho a você e você a mim
Por isso sobrevivemos, por ubuntu nos entendemos
Sou porque somos, somos o que havemos de ser
Não somos apenas mais os sonhos que podemos ter
Somos Black, somos Negros, somos Power e isso é poder
E caso você ainda não saiba sou teu cabelo, e;
Falo, falo sim.


Elieser Santos 16/07/15