quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Moda

Agora virou moda
Moda falar de mim
Moda cantar pra mim
Moda elogios sobre mim
Moda dizer que sou linda sim
Mas poucos ainda querem me assumir
Por um simples fato
Por eu ser assim; Negra
Por eu ter a pele escura
Por eu ter uma cútis pura
Ainda sou tratada por você
Sempre como um nada
Nada pra namorar
Muito menos pra casar
Nunca por você seria a miss
Nunca por você a melhor atriz
Nunca por você seria a face da tal boneca
Nunca por você seria realmente amada
Admirada talvez;
Pelo gingado
Pela silhueta do copo desejado
Pelo timbre de voz diferenciado
Por ser agora nicho de mercado
Por fim;
Agora virou moda
Dependendo quando, onde e porque
Bater no peito e dizer
Minha preta, ou preta minha
Isso de cor e preconceito
Não tem nada a ver

Elieser Santos