domingo, 8 de janeiro de 2017

Que tal






Que tal agora escrever poesia?
Falar do mundo de fantasias
Colorindo o mundo real
Aquele cinzento e coisa e tal
Que tal poetizar
Falar e escrever
De coisas úteis e inúteis
Relevantes ou não
Coisas admiráveis
Coisas infalíveis
E talvez inalcançáveis
Falar também de coisas reais
É preciso e é possível
Falar de quem ama e seus amores
Falar delas como quem fala das flores
Testemunhar da tal alegria
E de quem sabe dela desfrutar
Que tal poetizar agora então?
É pura adrenalina
E por demais satisfação

Elieser Santos